As maçãs douradas da Lua, as estrelas e eu.




É realmente muito lindo não é Calli, olhar todas essas estrelas que não se cansam de exalar seu brilho enebriante. Sentei-me devagar, sobre um amontoado de poeira e umidade causada pelos dias expostos daquela caixa que comporta a água. Decidi, que esta noite iria conversar com a terra e que a deixaria entrar sutilmente, causando sinapses emocionais no meu ego. Confesso que fiquei mais tempo do que eu previa e o tempo foi como um amigo noturno, levou embora aquelas nuvens violetas. E a lua estava lá!

Fechei os olhos, contando de dez até um, com pausas longas e respiração aconchegante, pernas cruzadas e mãos sobre joelhos, no fundo aquilo que se mesclava com minhas músicas de Oskar e Arvo, eram aqueles cantantes grilos do meu quintal. Uma bela sinfonia, ouso dizer. Mas Calli, pensei que nada ia escutar. Meu estado vibracional parecia recuar devido as pernas que correm sem parar na linha do sistema, e eu já estava quase que me preparando para dormir, meus olhos foram encobertos por uma leve camada do feitiço do sono e um vento gélido soprou sobre meu peito, e por um momento eu pude ouvir suas canções...

" Duas batidas de sinos suaves, 
Foi como pisar numa cama bem acolchoada.
Três melodias distintas como barulho de isopor.
Um cântico pleno de harpas.
 Senti-me como se anjos tocassem o meu dormir."

Ah, Calli. Se tu pudesses ver, como a lua foi me aparecer. Já era quase meia noite, faltavam apenas alguns minutos e meus olhos que ardiam, logo arregalaram-se com uma formosa dança espiral de algumas esferas de luz em formato de maçã, quase que tão perto da lua prateada. E aquelas maçãs eram como potes de ouro, haviam faíscas que me ofuscaram os olhos por alguns momentos e pude ver caminhos de flores por todos os lados que olhava. Ah, e as estrelas eram como grãos de areias diante do mar.

Salve a terra. As constelações e outros mais. Parar para tentar ouvir os efeitos sonoros da terra não é algo fácil. Muita coisa me distrai, muita coisa nos distrai. Minha atenção é como uma pena sobre areia em um dia de ventania, levada embora num piscar de olhos. E não imaginava que o planeta conversava assim com a gente, parece até canção de ninar é como o toque suave de algodão sobre a pele fria. E sobre aquelas maçãs douradas, Ah! Eu preciso lhe falar o que aconteceu quando os meus olhos novamente se fecharam. Três salves para Órion que guardou meus sorrisos.

ÁRIES, uma constelação do zodíaco.

Latin: Aries (a ram) Grego: Krios (a Ram) Arcadian: Argu (o homem contratado) Sumerian: LÚ.HUN.GÁ (o homem contratado)

12 comments:

  1. Àlina5/03/2015

    Me gustó mucho su texto y las melodías son hermosas. Agradecida por su personalidad. <33

    ReplyDelete
  2. "A simple post but with a great purity. <3"

    Oh, thank you Anite! By the way, I really like your posts, even if my Portuguese is quite bad haha! But I'm learning the language, so reading your blog helps me c:
    Have a good day <3

    ReplyDelete
    Replies
    1. What beautiful! Portuguese is a poetic language and you'll get. I'm glad I can help it.

      Delete
  3. Que delicada experiência astral você descreve, é como sentir a terra dançando num mar de estrelinhas brilhantes e o corpo flutuasse no espaço! Doces melodias (Vashiti Bunyaaaan ♥).

    Seu cantinho é belo e seus textos são as mais lindas tapeçarias, Anite. Você os tece perfeitamente com fios de ouro e prata, como sempre. xx

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada pelas gentis palavras. Tu que és doce.

      Sim, Bunyan <3 Maravilhosa.

      Delete
  4. Ah, faz um tempo que não apareço, mudou tudo aqui :o

    Como vai tu Anite? Espero que bem.
    Poxa, costumo amar textos assim por me refletirem tantas coisas e tantas formas, sério, eu tenho várias interpretações, mas não vou me prolongar falando delas, vou resumir dizendo que adorei a sutileza nesses parágrafos, não sei se o espírito do texto foi o que eu captei, mas ficou tão extasiante *.* Ah rs

    Fique bem, querida!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Olá W. eu estou bem, venho de algumas turbulências porém me sinto melhor! Creio que você captou da mesma forma. Mas me conte o que achou. Obrigada. <3

      Delete
  5. "Minha atenção é como uma pena sobre areia em um dia de ventania, levada embora num piscar de olhos"

    Eu me identifiquei muito com esta frase. Sempre que venho aqui, encanto-me com tudo! Principalmente como a maneira como tu escrves. <3

    ReplyDelete
    Replies
    1. Mia, a sua visita sempre me acalma a alma. <3 obrigada fada.

      Delete
  6. Ah gente que palavras mais doces, bateu até uma tranquilidade. Lua, constelações... Quanta maravilha!
    Você escreve tão bem ♥ xo

    ReplyDelete
    Replies
    1. uma querida tu! <3

      Delete