Um dia no Prado

Meus pés deslizaram na terra e todos os meus problemas voaram com a brisa. Caminhando sozinha naquela tarde melancólica de domingo entre prados e sol encoberto.

As ervas subiam pelos pés como um cumprimento de velhas amigas. Esperando algo além do silêncio. Um ruido, um sussurro, um trovão. Nada. Nada realmente sonoro foi me agraciar.

Deslizando os pés pela grama fria, em pequenas briófitas verdes-musgo. Meu silêncio encontrou o descanso e toda a agitação parecia dissipar-se.

Algumas plantas herbáceas subiam e moviam-se com o vento tranquilo. Suspiravam através da terra rochosa formando ruídos estranhos. 

Um passo a frente, após isso os olhos se fecham. Meus sonhos azuis estão tão distantes.

Minhas emoções são serenas e minhas agitações são silenciosas. Sinto a luz que apalpa minha pele, como uma energia transcendente, a mesma luz que atravessa as folhas das árvores eleva meu espirito.



"O entardecer te ama melhor do que ninguém."

8 comments:

  1. Sua narração me emociona e naturalmente não poderia ser diferente. Tem um quê de leveza e introspecção no seu pensamento que me põe a observar uma angústia - não em um sentido mórbido, absolutamente- mas um sentimento que impulsiona à transformação e à maturidade do espírito.
    Me deixa encantada a forma como liga a terra e o céu e consigo percebê-las enquanto um entrelaçamento :). Não poderia ser mais doce!
    É muito bom reconhecer pessoas com pensamentos em poesia.

    Além disso tudo, não posso deixar de comentar que sua playlist me enche de luz! Obrigada!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Fico extremamente feliz quando alguém que ler o que escrevo e sente aquilo o que realmente desejo passar. Ter a sua presença aqui é realmente encantador! Doce, doce e tão suave é suas palavras Gaby <3 Obrigada.

      Delete
  2. Que delícia de texto ♥
    Traz uma sensação de paz tão boa, tão bem descrita nesses detalhes... Ainda não posso ouvir a playlist, mas farei quando chegar em casa e tenho certeza que será encantadora, como tudo o que você faz.

    Um beijo!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Imagine caminhar no prado ao som das mais belas melodias de calmaria ♥ Obrigada pela visita Lu.

      Delete
  3. Uma descrição tão cheia de detalhes sensíveis *-* que coisa mais linda essa versão de caixinha de musica de asleep <3

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sim, quando a ouvi pela primeira vez, coloquei no re-play mil vezes antes de adormecer ♥

      Delete
  4. Eu me emociono, eu me encanto, com cada palavra. Como pode ser tão mágica?
    Nunca pare de postar fada!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Oh Deb fico feliz que aprecie meus singelos escritos. Ah, farei o possível para preservar esse cantinho. ♥

      Delete